Descubra a que horas sai o resultado do Enem

Descubra a que horas sai o resultado do Enem e saiba como utilizar a sua nota!

Uma das datas mais esperadas para os vestibulandos é o dia da divulgação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), afinal, com essa informação em mãos é possível começar a se planejar para formas de ingressar no ensino superior com a nota da prova.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

O Enem é uma prova de nível nacional com uma adesão muito forte por parte dos candidatos e, ao longo dos últimos anos, por parte das Instituições de Ensino Superior (IES). Além disso, universidades de todas as regiões do país são adeptas do exame, o que a torna ainda mais relevante.

A prova foi aplicada nos dias 21 e 28 de novembro. Já a reaplicação do Enem aconteceu nos dias 9 e 16 janeiro, data em que foi aplicado também o Enem PPL, para pessoas privadas de liberdade.

Quando sai o resultado do Enem 2021?

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), em coletiva de imprensa realizada em novembro, as notas do Enem 2021 serão divulgas no dia 11 de fevereiro.

A que horas sai o resultado do Enem 2021?

Apesar de a data oficial já ter sido divulgada pelo MEC, ainda não se sabe em qual horário os estudantes conseguirão acessar as suas notas. Mas essa matéria será atualizada assim que o horário for publicado.

Como consultar a nota do Enem?

Para consultar o resultado do Enem 2021, é preciso acessar o site oficial da prova (http://enem.inep.gov.br). Feito isso, o próximo passo é clicar em Página do Participante e, em seguida, preencher com o seu CPF e senha cadastrados no Gov.br.

Ao entrar na página inicial do seu perfil, selecione a opção “Resultado” e, depois, o ano que você deseja saber as suas notas. Se você deseja saber a nota da última edição, clique em no ano 2020. O seu resultado aparecerá na tela e você poderá conferir as suas notas nas cinco áreas do conhecimento:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Redação.

Neste vídeo, você confere o passo a passo :

As notas também podem ser acessadas pelo aplicativo do Enem, disponível na Apple Store e Play Store, seguindo os mesmo passsos de acesso no site.

Já o espelho de redação do Enem 2021 tem previsão para ser disponibilizado aos participantes somente 60 dias após a divulgação do resultado da prova. O espelho é uma correção detalhada da redação de cada participante, com análise do desempenho do candidato em cada um dos cinco critérios de avaliação, funciona como uma explicação para a nota recebida pelo participante.

O que fazer com a nota do Enem?

A nota do Enem 2021 pode ser utilizada de diferentes formas. Para o ingresso no ensino superior, porém, duas maneiras se destacam: os programas do governo como Fies, Prouni e Sisu, e o ingresso direto. Saiba mais sobre cada uma dessas opções a seguir.

Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa do governo federal que disponibiliza vagas em instituições de ensino públicas de todo o país. A seleção acontece a partir das maiores notas do Enem e as inscrições para o programa são abertas duas vezes ao ano.

Para participar do Sisu 2022, é preciso ter realizado o Enem 2021 e ter não ter zerado na redação. O programa também é adepto do sistema de cotas, o qual reserva uma parte das vagas para candidatos que cursaram o ensino médio em escolas públicas, assim como para pessoas pretas, pardas e indígenas.

ProUni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) também é um programa do governo que oferece bolsas de estudos parciais (50%) e integrais (100%) em instituições de ensino superior privadas para estudantes de baixa renda.

Assim como o Sisu, a seleção acontece por meio das maiores notas. Podem se inscrever no Prouni 2021 aqueles que fizeram o Enem 2021 e conseguiram obter pelo menos 450 pontos na média das provas objetivas, e ter tirado mais que zero na redação.

Porém, mesmo se aprovado pela nota, o candidato precisa passar pela avaliação socioeconômica, na qual ela apresenta documentos que comprovem a sua renda. Para concorrer a uma bolsa de estudo parcial, a renda familiar não pode ultrapassar três salários mínimos por pessoa e, para a bolsa integral, a renda por pessoa deve ser de até 1,5 salário mínimo. O Prouni também é adepto do sistema de cotas raciais, pois para se inscrever no programa é necessário ter cursado o ensino médio em escola pública, ou ter sido bolsista integral em uma escola privada.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil, como o próprio nome sugere, é um programa de financiamento do governo federal que financia as mensalidades do curso de graduação, de forma que o estudante pague o valor financiado após o término do curso, a juros baixos. O programa também seleciona os candidatos pelo desempenho na prova do Enem.

Para se inscrever no Fies, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas do exame e não ter zerado na redação. O Fies também possui uma avaliação socioeconômica do candidato, pois o programa também é voltado para estudantes de baixa renda.

Ingresso Direto

Além dos programas do governo, há instituições públicas e privadas que aceitam a nota do Enem de forma a substituir ou complementar o vestibular próprio.

Algumas dessas instituições exigem uma nota média mínima para ingresso via direto. Também existem universidades que oferecem descontos nas mensalidades ou bolsas de estudo para aqueles que alcançarem um bom desempenho na prova. Para saber se a instituição de seu interesse oferece a opção de ingresso direto, acesse o site ou entre em contato com a secretaria da universidade.

Onde estudar com a nota do Enem?

Existem milhares de instituições de ensino que oferecem cursos de graduação no Brasil, o que pode trazer dúvidas sobre qual delas é a melhor opção. Porém, antes de fazer a matrícula é importante verificar a situação do curso e da instituição de seu interesse no Ministério da Educação (MEC).

É fundamental averiguar se o curso escolhido é autorizado e reconhecido pelo MEC, pois isso garante que ele atende aos requisitos básicos para ser ofertado e, sem a autorização e reconhecimento do MEC, o diploma pode não ser aceito em todo o território nacional. Analisar a avaliação da instituição também pode fazer a diferença, porque a nota é uma indicação da qualidade do curso e da universidade.

Confira logo abaixo uma lista com algumas opções de instituições que oferecem cursos de graduação presenciais e a distância, que aceitam a nota do Enem, participam de programas do governo como Fies e Prouni, e possuem autorização e reconhecimento do MEC:

Veja também:
Quantos pontos no Enem precisa obter para o ProUni?

Tirou as suas dúvidas sobre o resultado do Enem 2021? Já sabe como você vai utilizar a sua nota? Compartilhe com a gente pelos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin